Deus envia comunicado dizendo que não pediu para nenhum deputado salvar Temer

Deus parece ter se irritado com a justificativa de aluns deputados federais na hora de votar a autorização para o Supremo Tribunal Federal (STF) investigar Michel Temer.

Em comunicado enviado via transmissão divina a igrejas, Deus informou que não orientou o voto de nenhum deputado.

“Tenho mais o que fazer”, disse Deus, que acrescentou: “milhões de pessoas passando fome pelo mundo e vocês acham que eu vou defender acusado de formação de quadrilha?”