Lava Jato revela que PT pagou R$ 13 bilhões por desfile da Paraíso do Tuiuti

A Operação Lava Jato revelou que o Partido dos Trabalhadores (PT) pagou R$ 13 bilhões pelo desfile da Paraíso do Tuiuti.

Com o enredo “Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?”, a Paraíso do Tuiuti, do carnavalesco Jack Vasconcelos, levou à Sapucaí críticas à reforma trabalhista em seu desfile na madrugada de segunda (12).

No último carro, batizado de “Neo tumbeiro”, o destaque no alto foi um “presidente vampiro” do neoliberalismo, representado pelo professor de história Léo Morais. Assistente do carnavalesco, ele não admite abertamente que o vampiro representava Michel Temer, mas afirmou que é a favor dos protestos contra o presidente.

Outra crítica do carnavalesco foi colocar na avenida uma ala com fantasias de “manifestantes fantoches”, ironizando os que foram às ruas vestindo camisas do Brasil pedindo impeachment.

Tudo teria sido planejado pelo equipe de marketing do PT, para prejudicar o governo Temer.

A Lava Jato ainda não sabe de onde veio o dinheiro, mas desconfia que foi recursos de contas secretas do PT no exterior, financiadas por países comunistas.