Buscas por Lázaro entram no 13º dia com denúncia de moradora que o teria visto mancando

Policiais militares saíram da base de comando para verificar a informação repassada pela mulher. O fugitivo estaria com uma mochila e mancando de uma perna.

As buscas por Lázaro Barbosa, suspeito de matar família de quatro pessoas em Ceilândia (DF), entraram no 13º dia seguido nesta segunda-feira (21). Pela manhã uma moradora denunciou que viu um homem, parecido com o fugitivo, passar por uma propriedade rural. Segundo ela, ele estava mancando.

Policiais e bombeiros com cães farejadores acompanharam a mulher para fazer uma verificação na área.

Segundo a moradora, a família acordou nesta madrugada com latidos dos cachorros, no bairro Águas Bonitas, em Águas Lindas de Goiás. No quintal, viram um homem com uma mochila nas costas e mancando, a uma distância aproximada de 20 metros, o que pareceu suspeito.

A chácara da família fica no limite entre Águas Lindas e Cocalzinho, regiões onde Lázaro Barbosa estaria escondido, de acordo com a polícia.

Equipes procuram o fugitivo com helicópteros, cães farejadores e drones, além das estratégias de inteligência traçadas pela Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSPGO).

O órgão criou um disque-denúncia para reforçar as buscas pelo criminoso. Quem tiver informações relevantes pode encaminhar para o telefone (61) 9 9839-5284.

A força-tarefa usa ainda barreiras em estradas de terra e rodovias nas regiões de Cocalzinho e Águas Lindas de Goiás. Três aeronaves ajudam levando policiais da base de concentração para a região de mata fechada, onde também estão sobrevoando.

Cinco cães farejadores estão dando apoio a 270 policiais que trabalham na operação, entre eles, a cadela Cristal, que ajudou nas buscas em Brumadinho

Deixe uma resposta