Papa responde Bolsonaro e diz que “surreal” é defender torturador

Papa responde Bolsonaro e diz que “surreal” é defender torturador

Depois das declarações de Jair Bolsonaro sobre a polêmica envolvendo a futura ministra Damares Alves, que afirmou ter visto Jesus em um pé de goiaba, o papa resolver responder o presidente eleito.

“É surreal e extremamente vergonhoso quem defende torturadores de mulheres”, tuitou o pontífice.

O site Sensacionalismo, como diz o nome, faz Sensacionalismo com os acontecimentos do dia sem qualquer fundo de verdade, produzidas para fins de entretenimento.